A Cidade

Zimbra

Compositor: Rafael Costa

Vidas e sonhos
Que hoje voltam contra nós
Estamos procurando por uma voz bem longe daqui

Perda de tempo
Relógios atrasados
E o telefone que não para de tocar

Espero da vida
O que ela prometeu me dar
Eu nunca pedi mais do que eu podia carregar até aqui

Mas eu me lembro tão bem
De fazer tudo do meu jeito
E logo eu e logo eu
Que nunca tive respeito nenhum

Com quem sempre me encorajou
Com quem sempre me motivou a vencer
Agora eu tenho que dançar
Conforme a música tocada ali

Vou pensar
No que fazer até lá
Tenho tempo demais pra sonhar
Como vai ser eu não sei
Mas aprendo o caminho de volta

Vidas e sonhos
Que hoje voltam contra nós
Estamos procurando por uma voz bem longe daqui

Perda de tempo
Relógios atrasados
E o telefone que não para de tocar

Com quem sempre me encorajou
Com quem sempre me motivou a vencer
Agora eu tenho que dançar
Conforme a musica tocada ali

Vou pensar
No que fazer até lá
Tenho tempo demais pra sonhar
Como vai ser eu não sei
Mas aprendo o caminho de volta

Vidas e sonhos
Que hoje voltam contra nós
E o telefone que não para de tocar

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital